domingo, 5 de outubro de 2014

Aranhas

As aranhas são predadores muito adaptáveis! Conhecidas pelo seu aspecto horrível e pelo seu veneno, é uma perspectiva pessimista, pois muitas aranhas podem ter padrões de cor muito bonitos e muito poucas aranhas podem morder pessoas e, dessas, muito poucas produzem o veneno para te matar. As aranhas surgiram há 320 milhões de anos e desde então que têm sido dos predadores mais eficientes de todos.


A ordem Araneae divide-se em 2 subordens:

  • Mesothelae
  • Ophisthothelae



A subordem Mesothelae constitui um monte de aranhas extintas com apenas algumas sobreviventes.

Esta é um tipo de aranha gigante da família Anthromygalidae e foi uma das maiores aranhas que já alguma vez existiram. Parece uma tarântula, mas é mais parente de pequenas aranhas que, hoje, ainda sobrevivem no leste da Ásia. Viveu há cerca de 300 milhões de anos e era um caçador de insectos, centopeias, répteis, escorpiões e até mesmo outras aranhas. Compete por tamanho pela actual tarântula-comedora-de-aves que pode atingir um diâmetro de 30 centímetros, o equivalente ao diâmetro de um prato! Não se sabe muito sobre as aranhas extintas desta família, mas podemos ter uma ideia a partir do comportamento dos sobreviventes da subordem Mesothelae.


A subordem Ophisthothelae constitui todas as outras aranhas conhecidas.

Esta última subordem constitui a maior parte das aranhas conhecidas. A maior é esta: a tarântula-comedora-de-aves. A mais pequena é a Patu marplesi com cerca de 0,43 milímetros. Com certeza, tal como a maioria das pessoas associa, a maioria das aranhas tece teias. As viúvas-negras podem construir teias muito longas à volta de fios de electricidade. Algumas teias são tão resistentes que são úteis para redes de pesca. A aranha-de-água tece uma teia com buracos tão pequeninos que a água não passa e assim cria uma campânula de ar debaixo de água. Uma aranha cria uma rede de
teias há volta das suas patas para apanhar as presas rapidamente. Outra ainda atira um jacto de seda para prender as suas presas. A maioria das aranhas também usa as teias leves para flutuar no ar.


Curiosidades sobre aranhas:

As aranhas-saltadoras são pequenas e são conhecidas por saltar para apanhar as suas presas. Não são perigosas para nós e podem saltar até cerca de 15 centímetros de altura, muito comparado com o seu tamanho corporal.
Esta aranha tem 4 olhos que lhe dão uma visão periférica à volta do seu campo de caça. Muitas delas têm cores variadas (eu já vi uma com mandíbulas verdes brilhantes).
Agora, olhem para os olhos dela. O que vos parece? Um robot, um extraterrestre... É horrível esta aparência, ou não? A mim, pode me lembrar um gato, com pêlos espalhados pelo corpo e olhos grandes que pode lhe dar um aspecto um pouco... fofinho!



Esta imagem mostra uma incrível aranha que pega em teias com as suas patas para prender as presas, neste caso, grilos. Há poucas imagens desta engenhosa aranha, pois encontra-se nas remotas florestas da América Central.
Outra aranha liberta um jacto de seda para a presa tal como o Homem-Aranha. Esta maneira de caçar é única também para se defender de predadores. As presas dessa aranha costumam ser precisamente outras aranhas.





Esta é uma espécie de aranha-alçapão, pois constrói um buraco na areia e põe uma pequena portinhola de terra. Formado este alçapão, a aranha pode sentir as vibrações no exterior e apanhar de surpresa qualquer presa incauta que passar por perto.
O alçapão é a melhor maneira de caçar em segurança no meio do deserto. Mas há certas criaturas que, quando encontram o alçapão, querem tentar atacar a aranha. Uma espécie de vespa é conhecida por pôr ovos dentro da aranha, porque é o único sítio suficientemente húmido para os seus ovos no meio de um deserto.



Quando se olha uma aranha a andar no chão, na relva ou nas paredes é costume ter a reacção: "é só uma aranha, não faz mal". É verdade que é raro encontrar uma aranha que mata pessoas, mas
dessas não há nenhuma que se compare há aranha-teia-de-funil. Morrem 14 pessoas por essa aranha e a maioria é por machos que têm um veneno mais poderoso. A aranha-armadeira mata menos pessoas, é mais rara e menos agressiva, mas é uma das mais venenosas e vive em bananeiras no Brasil. As tarântulas só matam se a pessoa for alérgica ao veneno.


Horrível, não é. Ser um macho de aranha é horrível. Viver há custa das tuas glândulas de veneno para matares uma mosca, dares a um gigante feminino para ela aceitar acasalar contigo e depois comer-te. É verdade que a maioria dos machos não escapa depois do acasalamento, pois a fêmea não consegue  resistir à tentação! Existe cerca de 10% de probabilidades de o macho sair vivo depois de acasalar, é uma pena.

1 comentário: